Cotação da Bitcoin ultrapassa os US$ 9 mil

 

A Bitcoin ultrapassou a marca dos US$ 9 mil, menos de uma semana depois de ter batido os US$ 8 mil. A valorização acumulada este ano já é superior a 850%. A cotação da maior moeda digital por valor de mercado vem disparando, à medida que ela se populariza, apesar dos alertas sobre uma possível bolha. Nas duas últimas semanas, a alta atingiu 40%.

Este domingo, em Nova York, a Bitcoin atingiu o recorde de US$ 9.518, para depois recuar a US$ 9.314.

O número de investidores pessoa física vem crescendo. As contas na Coinbase, uma das maiores plataformas de negociação de moedas virtuais, quase triplicou, atingindo 13 milhões, nos últimos 12 meses, segundo a consultoria Bespoke Investment Group.

Reforçando o movimento de popularização da Bitcoin, o CME Group já anunciou planos para oferecer contratos futuros da moeda. As operações podem começar em dezembro. E o banco JPMorgan Chase analisava, na semana passada que estuda ajudar seus clientes a investirem em Bitcoin por meio desses contratos, informou uma pessoa familiarizada com as discussões.

O valor de mercado total das moedas digitais – há várias, sendo as mais conhecidas Bitcoin e Ethereum – já superou os US$ 290 bilhões, segundo o site especializado Coinmarketcap.com.

 

 

Fonte: o globo

 

Comentários